segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Padres e freiras, "Justiça para todos"

O exercício da profissão religiosa está previsto na legislação brasileira. E não só para os padres e freiras, mas também para os representantes de outras religiões. “Tem até uma legislação que regula essa situação. É a Lei 6.669 de 1979 que foi alterada pela lei 8.213 de 1991. O artigo 11 é claro, ele fala que qualquer liderança religiosa é considerada um segurado da Previdência Social. Qualquer religião: umbanda, candomblé, o budismo, o catolicismo, o evangélico seja lá qual ele for”, explica o advogado, membro do Instituto dos Advogados Previdenciários, Hélio Gustavo Alves.

Para ter direito à aposentadoria, irmã Cláudia, religiosa há 40 anos, e o Padre Juarez, contribuem para a Previdência Social. “Aqui não é uma empresa, é um mosteiro de vida contemplativa. Nós somos religiosas, mas também somos seres humanos, somos pessoas e temos todas as necessidades, como todo mundo”, explica a irmã. “Há toda uma legislação própria para o padre, onde ele recolhe o INSS e depois de um determinado tempo de recolhimento, recebe essa aposentadoria”, explica o padre Juarez.
Entretanto, em alguns casos este direito só é respeitado com a intervenção do Poder Judiciário. Em recente julgamento, o Superior Tribunal de Justiça, em Brasília, considerou que o período passado no convento como aspirante à vida religiosa deve ser computado como tempo de serviço para a aposentadoria. O caso envolveu uma noviça de Porto Alegre. E decisão em favor dela foi unânime.

Para os religiosos, um direito reconhecido. Para os fiéis, a fé e o poder da oração. No Mosteiro da Luz, centenas de pessoas buscam todos os dias, as pílulas do primeiro santo brasileiro. “Minha irmã está enferma. Eu sou católica e eu fui orientada a vir buscar essas pílulas pra ela. Estou com muita fé que ela vai curar, então eu vim buscar”, afirma, confiante, a dona de casa Genoveva Ferreira da Silva.

Esta matéria foi exibida no Via Legal 274 em 05/12/2007

domingo, 25 de setembro de 2011

Nióbio, o metal que só o Brasil fornece ao mundo. De graça...

O nióbio é um elemento químico, de símbolo Nb, número atômico 41 (41 prótons e 41 elétrons) e massa atómica 92,9 u. É um elemento de transição pertencente ao grupo 5 ou VB da classificação periódica dos elementos. O nome deriva da deusa grega Níobe, filha de Tântalo — que por sua vez deu nome a outro elemento da família 5B, o tântalo. É usado principalmente em ligas de aço para a produção de tubos condutores de fluidos. Em condições normais, é sólido. Foi descoberto em 1801 pelo inglês Charles Hatchett.                                               Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Como é possível o fato do Brasil ser o único fornecedor mundial de nióbio (98% das jazidas desse metal estão aqui), sem o qual não se fabricam turbinas, naves espaciais, aviões, mísseis, centrais elétricas e super aços; e seu preço para a venda, além de muito baixo, seja fixado pela Inglaterra, que não tem nióbio algum?
EUA, Europa e Japão são 100% dependentes do nióbio brasileiro. Como é possível em não havendo outro fornecedor, que nos sejam atribuídos apenas 55% dessa produção, e os 45% restantes saíndo extra-oficialmente, não sendo assim computados.
Estamos perdendo cerca de14 bilhões de dólares anuais, e vendendo o nosso nióbio na mesma proporção como se a Opep vendesse a 1 dólar o barril de petróleo. Mas petróleo existe em outras fontes, e o nióbio só no Brasil; podendo ser uma outra moeda nossa. Não é uma descalabro alarmante?
O publicitário Marcos Valério, na CPI dos Correios, revelou na TV para todo o Brasil, dizendo: dinheiro do mensalão não é nada, o grosso do dinheiro vem do contrabando do niobio . E ainda: ministro José Dirceu estava negociando com bancos, uma mina de nióbio na Amazonia .
Ninguém teve coragem de investigar? Ou estarão todos ganhando com isso? Soma-se a esse fato o que foi publicado na Folha de S. Paulo em 2002: Lula ficou hospedado na casa do dono da CMN (produtora de nióbio) em Araxá-MG, cuja ONG financiou o programa FomeZero .
As maiores jazidas mundiais de nióbio estão em Roraima e Amazonas (São Gabriel da Cachoeira e Raposa Serra do Sol), sendo esse o real motivo da demarcação contínua da reserva, sem a presença do povo brasileiro não-índio para a total liberdade das ONGs internacionais e mineradoras estrangeiras.
Há fortes indícios que a própria Funai esteja envolvida no contrabando do nióbio, usando índios para envio do minério à Guiana Inglesa, e dali aos EUA e Europa. A maior reserva de nióbio do mundo, a do Morro dos Seis Lagos, em São Gabriel da Cachoeira (AM), é conhecida desde os anos 80, mas o governo federal nunca a explorou oficialmente, deixando assim o contrabando fluir livremente, num acordo entre a presidência da República e os países consumidores, oficializando assim o roubo de divisas do Brasil.
Todos viram recentemente Lula em foto oficial, assentado em destaque, ao lado da rainha da Inglaterra. Nação que é a mais beneficiada com a demarcação em Roraima, e a maior intermediária na venda do nióbio brasileiro ao mundo todo. Pelo visto, sua alteza real Elizabeth II demonstra total gratidão para com nossos serviços à Coroa Britânica. Mas, no andar dessa carruagem, esse escândalo está por pouco para estourar, afinal, o segredo sobre o nióbio como moeda de troca, não está resistindo às pressões da mídia esclarecida e patriótica.
O nióbio apresenta numerosas aplicações. É usado em alguns aços inoxidáveis e em outras ligas de metais não ferrosos. Estas ligas devido à resistência são geralmente usadas para a fabricação de tubos transportadores de água e petróleo a longas distâncias.
  • Usado em indústrias nucleares devido a sua baixa captura de nêutrons termais.
  • Usado em soldas elétricas.
  • Devido a sua coloração é utilizado, geralmente na forma de liga metálica, para a produção de jóias como, por exemplo, os piercings.
  • Quantidades apreciáveis de nióbio são utilizados em superligas para fabricação de componentes de motores de jatos , subconjuntos de foguetes , ou seja, equipamentos que necessitem altas resistências a combustão. Pesquisas avançadas com este metal foram utilizados no programa Gemini.
  • O nióbio está sendo avaliado como uma alternativa ao tântalo para a utilização em capacitores.
O nióbio se converte num supercondutor quando reduzido a temperaturas criogênicas. Na pressão atmosférica, tem a mais alta temperatura crítica entre os elementos supercondutores, 9,3 K. Além disso, é um dos três elementos supercondutores que são do tipo II ( os outros são o vanádio e o tecnécio ), significando que continuam sendo supercondutores quando submetidos a elevados campos magnéticos.
JORGINALDO W. DE OLIVEIRA
Biólogo - Resp.Téc. pelo Herbário - RFA
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Av. Carlos Chagas Filho 373
Centro de Ciências da Saúde - Instituto de Biologia
Dept.de Botânica - Bloco A1-074 - Ilha do Fundão
Cep. 21941-902 - Rio de Janeiro - RJ
+55 21 9601-9157// 78100521
+55 21 2562-6324/6321

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Sete Lagoas desenvolve ações para o Dia Mundial sem Carro


A partir da próxima quinta-feira, dia 22 de setembro, Sete Lagoas terá uma série de ações em comemoração ao dia Mundial sem Carro, celebrado na carro19data. O objetivo da mobilização “é sensibilizar as pessoas para um trânsito mais respeitoso, mais tolerante”, afirma Max Tadeu, um dos organizadores do evento.

Para isso, as pessoas serão incentivadas a fazer o uso moderado e consciente dos carros, além de promover a utilização de transportes não poluentes, como a bicicleta, e o uso do transporte coletivo.
A ideia é atingir os envolvidos para a prática de ações que podem ser mantidas durante todo o ano. A intenção é que o estilo de vida menos poluído seja aplicado por empresas, instituições, escolas e faculdades, entre outras entidades.

Conforme avaliado por Max, em função do fato de estarmos vivendo em um mundo cada dia mais corrido, as pessoas se sentem cada vez mais dependentes dos carros e da tecnologia. Com isso, a utilização de veículos alternativos iria auxiliar quanto a diminuição do estresse das pessoas.
Em sua posse, o secretário de Transportes de Sete Lagoas, Caio Valace, afirmou que, em média, são emplacados 800 carros por mês na cidade.

Conforme divulgado pela organização do evento, serão 12 meses de campanha a partir do dia 22 de setembro, sendo que "dentro de um ano será feito um balanço das ações e pessoas que conseguimos envolver”, reforça Max. A empresa e instituição participante deverá promover uma campanha interna usando uma ou mais ações sugeridas .

São elas, uso consciente e necessário do carro; incentivo ao uso da bicicleta; instalação de bicicletário, respeito mútuo no trânsito, carona camarada; trânsito e o meio ambiente. Cada ação terá sugestões e temas para serem aplicados da melhor forma, dentro de cada empresa.

Para o lançamento da campanha, haverá um passeio de bike pelas ruas da cidade com apoio da Polícia Militar. A concentração acontece às 19h30, na Praça da Feirinha, com saída às 20h.

Já no dia 25 de setembro, a atração será voltada para a criançada. Eles poderão pedalar na praça da feirinha, às 9hs. Mais informações sobre a campanha, basta entrar em contato com o Max por meio dos sites www.esporteslivres.com.br e
esporteslivres@esporteslivres.com.br

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Sinfonia a um pássaro selvagem...

Chuang Tzu

Não é possível colocar uma grande carga numa pequena mala.
Nem é possível, com uma corda curta,
Tirar água de um profundo poço.
Não é possível falar a um hábil político
Como se ele fosse um sábio.
E se ele o procurar entender,
Se olhar para dentro de si,
A fim de encontrar a verdade
Que lhe foi transmitida,
Ele não a encontrará ali.
Não a encontrando, ele tem dúvidas.
Quando um homem tem dúvidas,
Ele mata.
Você não ouviu falar como o pássaro do mar
Foi levado pelo vento até à praia e pousou
Fora da capital de Lu?
O Príncipe ordenou uma recepção solene,
Ofereceu vinho ao pássaro marítimo no recinto sagrado,
Chamou os músicos
Para tocarem composições de Shun,
Matou gado para alimentá-lo.
Atordoado com sinfonias, o infeliz pássaro marítimo
Morreu desesperado.
Como trataria você a um pássaro?
Como a si próprio,
Ou como um pássaro?
Não deve um pássaro construir o ninho
Na floresta profunda
Ou voar sobre o prado e o pântano?
Não deve nadar no rio e no lago,
Alimentar-se de enguias e de peixes,
Voar com conjunto com outras aves aquáticas
E repousar nas plantações?
Bem terrível para um pássaro marítimo
É estar cercado de homens
E amedrontar-se com sua vozes.
Mas isto não bastou.
Eles o mataram com música!
Toque quantas sinfonias quiser
Nos pântanos de Thung-Ting.
Os pássaros fugirão
Em todas as direções,
Os animais esconder-se-ão,
Os peixes mergulharão até o fundo do mar,
Mas os homens
Juntar-se-ão e escutarão.
Água é para os peixes
E o ar é para os homens.
A natureza difere e, com ela, o necessário.
Por isso, os sábios antigos
Não colocavam
Uma medida para todos.
Chung Tzu (Zhuang Zhou), considerado o maior pensador taoista da clássica filosofia chinesa, viveu entre 365 e 290 a.C. As informações históricas sobre sua vida são poucas, quase nulas. Segundo Sima Qian, ele teria nascido em Nan-Hua e vivido na cidade de Zi Yuan. Por recusar-se, permanentemente, a aceitar os cargos públicos que lhe eram oferecidos, viveu, com sua família, todo o tempo de sua vida, em situação de extrema simplicidade. Segundo seus discípulos, Chuang Tzu foi um homem de rara cordialidade e cortesia no trato com todos, especialmente nas disputas com seus contraentes. Diante da tumba de seu mais duro e severo adversário, constumava ajoelhar-se, em profunda reverência, e lamentar, dizendo: Que pena... já não tenho mais onde me afiar.

                                                        Prudente Nery - sacerdote católico

domingo, 4 de setembro de 2011

Projeto de Lei sobre corrupção,vamos VOTAR

01/09/2011
Projeto de Lei sobre corrupção tem votação recorde em enquete do DataSenado

Enquete realizada pelo DataSenado sobre o PLS 204/2011, que propõe tratar a corrupção como crime hediondo, teve votação recorde entre as consultas já realizadas no site do Senado, desde que as sondagens passaram a ser de 15 dias. A mobilização dos internautas para divulgar a enquete sobre o projeto rendeu à sondagem quase meio milhão de votos (mais de 426 mil) entre os dias 16 e 31 de agosto.
O projeto de autoria do Senador Pedro Taques (PDT-MT) contou com o apoio maciço de 99,4% dos votantes. A proposta, que tramita em caráter terminativo na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), altera a Lei dos Crimes Hediondos (Lei 8.072 de 1990) para incluir entre eles os delitos de concussão, corrupção passiva e corrupção ativa. Se aprovada, tornaria mais duras as penas para pessoas condenadas por corrupção.
Antes do PLS 204/2011, as enquetes sobre o Ato Médico (SCD 268/02) e sobre a criminalização da homofobia (PLC 122/06) também somaram números de centenas de milhares de participantes. Entretanto, na sondagem sobre corrupção, o período de votação foi de 15 dias, enquanto nas demais houve um mês para que os internautas pudessem registrar sua opinião. Em 2011, as enquetes realizadas pelo DataSenado passaram a ter duração de 15 dias, uma do primeiro dia do mês até o dia 15 e outra do dia 16 até o último dia do mês.

A mobilização em torno da votação na enquete pôde ser vista nas chamadas redes sociais, como Twitter e Facebook. Tweets e e-mails circularam pela rede de computadores, nos quais os internautas convidavam seus contatos para também participarem e manifestarem suas opiniões, como no exemplo: “Você é a favor ou contra o projeto que inclui os atos de corrupção na Lei dos Crimes Hediondos? Votem por favor!”.

Vários cidadãos, além de registrarem seu voto na enquete, também enviaram mensagens por meio do “Comente o projeto” e da equipe do Alô Senado. Um internauta sintetizou o sentimento de boa parte das mensagens: “Atos de corrupção são hediondos e precisam ser enquadrados como tal. O montante assombroso de recursos que é desviado em proveito próprio, através da prática corrente da corrupção em nosso país, é a causa da falência nos mais diversos segmentos, tais como: saúde, educação, etc.”.
Senado Federal-Portal de Notícias-DataSenado