quinta-feira, 28 de abril de 2011

Páscoa: Passagem - Transformação - Renovação.

A palavra "Páscoa" é de origem hebraica (Pessach), significa passagem.

A páscoa cristã é renovação. Uma nova vida com Jesus!
ORIGEM:
           A festa da páscoa tem origem numa tradição judaica, muito antes da vinda de Cristo. Era uma festa que recordava momentos significativos do povo hebreu (judeu).  Inicialmente começou com a cerimônia das primícias, apresentava-se a Deus o primeiro feixe da colheita (Lv 23, 9-14). Outro momento significativo é a páscoa da libertação, que é a passagem do Senhor (Ex. 12,11), passagem de Deus na figura do anjo exterminador que passou, adiante, ao ver o sangue do cordeiro sobre os umbrais das portas das casas habitadas. Páscoa neste sentido significa a libertação do povo na situação de morte entre o mar vermelho e o exército inimigo. O terceiro momento era o rito da imolação do cordeiro e a atitude de comer pães ázimos que recordava o grande acontecimento da libertação no Egito e da aliança no Sinai, bem como a entrada na terra prometida.
Para os cristãos, a Páscoa é a Pessach de Jesus Cristo, que passou da morte à vida marcando a sua existência definitiva e gloriosa.

I Cor 11: 23 a 26 - Porque eu recebi do Senhor o que também vos ensinei: que o Senhor Jesus, na noite em que foi traído, tomou o pão; e, tendo dado graças, o partiu e disse: Tomai, comei; isto é o meu corpo que é partido por vós; fazei isto em memória de mim.

Semelhantemente também, depois de cear, tomou o cálice, dizendo: Este cálice é o novo testamento no meu sangue; fazei isto, todas as vezes que beberdes, em memória de mim.

Porque todas as vezes que comerdes este pão e beberdes este cálice anunciais a morte do Senhor, até que venha.

A renovação deve ser buscada em nosso interior. Quando a buscamos no nosso exterior, ou seja: - no dinheiro, nos bens materiais, no oráculo ou em qualquer outro absurdo, surgem as dificuldades, as doenças, o desânimo.
A Páscoa cristã tem um significado especial: todo aquele que reconhece e aceita Jesus como o Cristo, crê nas palavras do Evangelho e nasce de novo do Espírito, se liberta da escravidão do pecado. É o sangue de Jesus, derramado na cruz do Calvário que garante a nossa liberdade.
Ele é o cordeiro definitivo que tira os pecados dos homens. Em Cristo morremos para o mundo e passamos a viver para o SENHOR!
I Pedro 1: 17 a 21 - E, se invocais por Pai aquele que, sem acepção de pessoas, julga segundo a obra de cada um, andai em temor, durante o tempo da vossa peregrinação, sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado, O qual, na verdade, em outro tempo foi conhecido, ainda antes da fundação do mundo, mas manifestado nestes últimos tempos por amor de vós; E por ele credes em Deus, que o ressuscitou dentre os mortos, e lhe deu glória, para que a vossa fé e esperança estivessem em Deus;
 ROMANOS 10: 8 9,10 - Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos,A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.
Confissão de Fé
Eu reconheço Jesus como meu único Senhor e Salvador. Ele morreu na cruz,  ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus e esta á direita de Deus Pai todo poderoso!

Feliz Páscoa!
Capelão Amorim

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Pai Nosso, A oração que Jesus ensinou aos seus apostolos e discipulos.

O Pai Nosso é uma da mais frequentes orações cristãs. De acordo com o Evangelho segundo Mateus (capítulo VI, versículos 7-15) e Evangelho segundo Lucas (capítulo XI, versículos 1-4) esta seria uma oração ditada por Jesus Cristo a seus discípulos.
Apesar de existirem variações, as versões costumam ser mais ou menos como a que se segue.

Pai Nosso
Que estais nos Céus,
Santificado seja o Vosso nome.
Venha a nós o Vosso reino,
«Seja feita a Vossa vontade
Assim na Terra como no Céu.
«O pão nosso de cada dia nos dai hoje.
«Perdoai-nos as nossas ofensas
Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
E livrai-nos do mal.
Amén.

Em latim:
Pater Noster
Pater noster qui es in caelis,
Santificetur nomen tuum.
Adveniat regnum tuum,
Fiat voluntas tua
Sicut in caelo et in terra.
Panem nostrum supersubstantialem da nobis hodie.
Et dimitte nobis debita nostra
Sicut et nos dimittimus debitoribus nostris
Et ne nos inducas in tentationem
Sed libera nos a malo.
Amen.


                                                                                                                                                                           
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

A Semana Santa: simbolos e significado.

                                                 
- A Igreja propõe aos cristãos os sagrados mistérios da Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus, tornado Homem, para no martírio da Cruz e na vitória sobre a morte, oferecer a todos os homens a graça da salvação.
Domingo de Ramos
O Domingo de Ramos dá início à Semana Santa e lembra a entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, aclamado pelos judeus.A Igreja recorda os louvores da multidão cobrindo os caminhos para a passagem de Jesus, com ramos e matos proclamando: “Hosana ao Filho de Davi. Bendito o que vem em nome do Senhor”. (Lc 19, 38; Mt 21, 9). Com esse gesto, portando ramos durante a procissão, os cristãos de hoje manifestam sua fé em Jesus como Rei e Senhor.
Quinta-feira Santa
Celebramos a Instituição do Sacramento da Eucaristia. Jesus, desejoso de deixar aos homens um sinal da sua presença antes de morrer, instituiu a eucaristia. Na Quinta-feira Santa, destacamos dois grandes acontecimentos:
Bênção dos Santos Óleos
Não se sabe com precisão, como e quando teve início a bênção conjunta dos três óleos litúrgicos. Fora de Roma, esta bênção acontecia em outros dias, como no Domingo de Ramos ou no Sábado de Aleluia. O motivo de se fixar tal celebração na Quinta-feira Santa deve-se ao fato de ser este último dia em que se celebra a missa antes da Vigília Pascal. São abençoados os seguintes óleos:
Óleo do Crisma - Uma mistura de óleo e bálsamo, significando a plenitude do Espírito Santo, revelando que o cristão deve irradiar “o bom perfume de Cristo”. É usado no sacramento da Confirmação (Crisma), quando o cristão é confirmado na graça e no dom do Espírito Santo, para viver como adulto na fé. Este óleo é usado também no sacramento para ungir os “escolhidos” que irão trabalhar no anúncio da Palavra de Deus, conduzindo o povo e santificando-o no ministério dos sacramentos. A cor que representa esse óleo é o branco ouro.
Óleo dos Catecúmenos - Catecúmenos são os que se preparam para receber o Batismo, sejam adultos ou crianças, antes do rito da água. Este óleo significa a libertação do mal, a força de Deus que penetra no catecúmeno, o liberta e prepara para o nascimento pela água e pelo Espírito. Sua cor é vermelha.
Óleo dos Enfermos - É usado no sacramento dos enfermos, conhecido erroneamente como “extrema unção”. Este óleo significa a força do Espírito de Deus para a provação da doença, para o fortalecimento da pessoa para enfrentar a dor e, inclusive a morte, se for vontade de Deus. Sua cor é roxa.
Instituição da Eucaristia e Cerimônia do Lava-pés
Com a Missa da Ceia do Senhor, celebrada na tarde de quinta-feira, a Igreja dá início ao chamado Tríduo Pascal e comemora a Última Ceia, na qual Jesus Cristo, na noite em que vai ser entregue, ofereceu a Deus Pai o seu Corpo e Sangue sob as espécies do Pão e do Vinho, e os entregou para os Apóstolos para que os tomassem, mandando-lhes também oferecer aos seus sucessores. Nesta missa faz-se, portanto, a memória da instituição da Eucaristia e do Sacerdócio. Durante a missa ocorre a cerimônia do Lava-Pés que lembra o gesto de Jesus na Última Ceia, quando lavou os pés dos seus apóstolos.O sermão desta missa é conhecido como sermão do Mandato ou do Novo Mandamento e fala sobre a caridade ensinada e recomendada por Jesus Cristo. No final da Missa, faz-se a chamada Procissão do Translado do Santíssimo Sacramento ao altar-mor da igreja para uma capela, onde se tem o costume de fazer a adoração do Santíssimo durante toda a noite.
Sexta-feira Santa
Celebra-se a paixão e morte de Jesus Cristo. O silêncio, o jejum e a oração devem marcar este dia que, ao contrário do que muitos pensam, não deve ser vivido em clima de luto, mas de profundo respeito diante da morte do Senhor que, morrendo, foi vitorioso e trouxe a salvação para todos, ressurgindo para a vida eterna. Às 15 horas, horário em que Jesus foi morto, é celebrada a principal cerimônia do dia: a Paixão do Senhor. Ela consta de três partes: liturgia da Palavra, adoração da cruz e comunhão eucarística. Depois deste momento não há mais comunhão eucarística até que seja realizada a celebração da Páscoa, no Sábado Santo.
Sábado Santo
No Sábado Santo ou Sábado de Aleluia, a principal celebração é a “Vigília Pascal”.
Vigília Pascal
Inicia-se na noite do Sábado Santo em memória da noite santa da ressurreição gloriosa de Nosso Senhor Jesus Cristo. É a chamada “a mãe de todas as santas vigílias”, porque a Igreja mantém-se de vigília à espera da vitória do Senhor sobre a morte. Cinco elementos compõem a liturgia da Vigília Pascal: a bênção do fogo novo e do círio pascal; a proclamação da Páscoa, que é um canto de júbilo anunciando a Ressurreição do Senhor; a liturgia da Palavra, que é uma série de leituras sobre a história da Salvação; a renovação das promessas do Batismo e, por fim, a liturgia eucarística.
Domingo de Páscoa
A palavra “páscoa” vem do hebreu “Peseach” e significa “passagem”. Era vivamente comemorada pelos judeus do Antigo Testamento. A Páscoa que eles comemoram é a passagem do mar Vermelho, que ocorreu muitos anos antes de Cristo, quando Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito, onde era escravo. Chegando às margens do Mar Vermelho, os judeus, perseguidos pelos exércitos do faraó teriam de atravessá-lo às pressas. Guiado por Deus, Moisés levantou seu bastão e as ondas se abriram, formando duas paredes de água, que ladeavam um corredor enxuto, por onde o povo passou. Jesus também festejava a Páscoa. Foi o que Ele fez ao cear com seus discípulos. Condenado à morte na cruz e sepultado, ressuscitou três dias após, num domingo, logo depois da Páscoa judaica. A ressurreição de Jesus Cristo é o ponto central e mais importante da fé cristã. Através da sua ressurreição, Jesus prova que a morte não é o fim e que Ele é verdadeiramente o Filho de Deus. O temor dos discípulos em razão da morte de Jesus, na Sexta-Feira, transforma-se em esperança e júbilo. É a partir deste momento que eles adquirem força para continuar anunciando a mensagem do Senhor. São celebradas missas festivas durante todo o domingo.
A data da Páscoa
A fixação das festas móveis decorre do cálculo que estabelece o Domingo da Páscoa de cada ano. A Páscoa deve ser celebrada no primeiro domingo após a primeira lua cheia que segue o equinócio da primavera, no Hemisfério Norte (21 de março). Se esse dia ocorrer depois do dia 21 de abril, a Páscoa será celebrada no domingo anterior. Se, porém, a lua cheia acontecer no dia 21 de março, sendo domingo, será celebrada dia 25 de abril. A Páscoa não acontecerá nem antes de 22 de março, nem depois de 25 de abril. Conhecendo-se a data da Páscoa, conheceremos a das outras festas móveis. Domingo de Carnaval - 49 dias antes da Páscoa. Quarta-feira de Cinzas - 46 dias antes da Páscoa. Domingo de Ramos - 7 dias antes da Páscoa. Domingo do Espírito Santo - 49 dias depois.Corpus Christi - 60 dias depois.
Símbolos da Páscoa
Cordeiro: O cordeiro era sacrificado no templo, no primeiro dia da páscoa, como memorial da libertação do Egito, na qual o sangue do cordeiro foi o sinal que livrou os seus primogênitos. Este cordeiro era degolado no templo. Os sacerdotes derramavam seu sangue junto ao altar e a carne era comida na ceia pascal. Aquele cordeiro prefigurava a Cristo, ao qual Paulo chama “nossa páscoa” (1Cor 5, 7).
João Batista, quando está junto ao Rio Jordão em companhia de alguns discípulos e vê Jesus passando, aponta-o em dois dias consecutivos dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo” (Jô 1, 29 e 36).Isaías o tinha visto também como cordeiro sacrificado por nossos pecados ( Is 53, 7-12). Também o Apocalipse apresenta Cristo como cordeiro sacrificado, agora vivo e glorioso no céu. ( Ap 5,6.12; 13, 8).
Pão e vinho: Na ceia do Senhor, Jesus escolheu o pão e o vinho para dar vazão ao seu amor. Representando o seu corpo e sangue, eles são dados aos seus discípulos para celebrar a vida eterna.
Cruz: A cruz mistifica todo o significado da Páscoa na ressurreição e também no sofrimento de Cristo. No Conselho de Nicéia, em 325 d.C., Constantino decretou a cruz como símbolo oficial do cristianismo. Símbolo da Páscoa, mas símbolo primordial da fé católica.
Círio Pascal: É uma grande vela que é acesa no fogo novo, no Sábado Santo, logo no início da celebração da Vigília Pascal. Assim como o fogo destrói as trevas, a luz que é Jesus Cristo afugenta toda a treva do erro, da morte, do pecado. É o símbolo de Jesus ressuscitado, a luz dos povos. Após a bênção do fogo acende-se, nele, o Círio. Faz-se a inscrição dos algarismos do ano em curso; depois cravam-se cinco grãos de incenso que lembram as cinco chagas de Jesus, e as letras “alfa” e “ômega”, primeira e última letra do alfabeto grego, que significam o princípio e o fim de todas as coisas.
Ir. Ili Alves
Coordenadora diocesana da Catequese da Diocese de Palmas -Francisco Beltrão
 

Quaresma: tempo de Jejum. O que é jejum, abstinência?

Com a quarta-feira de cinzas, tem início a quaresma. Tempo de oração, jejum e abstinência. O que é jejum? O que é abstinência?
O Dicionário de termos da Fé, de Olivier de la Brosse,assim os define:
Abstinência é privação voluntária de comida ou bebida. Virtude que se relaciona com a temperança e que regula de forma racional a privação voluntária de certos alimentos.
Jejum é ato que consiste em abster-se de comida ou bebida, total ou parcialmente, durante algum tempo.
Já o Dicionário da língua portuguesa – Michaelis, dá as seguintes definições:
Jejum é abstinência ou redução de alimentos em certos dias por penitência ou por preceito eclesiástico. É abstenção, privação. É o  mesmo que jejum natural – 4. Ignorância a respeito de determinado assunto. Jejum de preceito é aquele ordenado explicitamente pela Igreja. O chamado jejum de traspasso dura de quinta-feira santa até domingo de páscoa. O Jejum natural é estado de quem não come desde o dia anterior.
 
O que diz a Igreja?
A Constituição Conciliar, Sacrosanctum Concilium diz no parágrafo  110:  " A penitência quaresmal deve ser também externa e social, que não só interna e individual. Estimule-se a prática da penitência, adaptada ao nosso tempo, às possibilidades das diversas regiões e à condição de cada um dos fiéis... Mantenha-se religiosamente o jejum pascal, que se deve observar em toda a parte na Sexta-feira da Paixão e Morte do Senhor e, se oportuno, estender-se também ao Sábado santo, para que os fiéis possam chegar à alegria da Ressurreição do Senhor com elevação e largueza de espírito".
 
Jejum e abstinência
A Legislação complementar da CNBB quanto aos cânones 1251 e 1253 do Código de Direito Canônico prescreve:"Estão obrigados à lei da abstinência aqueles que tiverem completado catorze anos de idade; estão obrigados à lei do jejum todos os maiores de idade (quem completou 18 anos) até os sessenta anos começados. Todavia, os pastores de almas e pais cuidem para que sejam formados para o genuíno sentido da penitência também os que não estão obrigados à lei do jejum e da abstinência, em razão da pouca idade (cf. Cân. 1252).
 “No Brasil, toda sexta-feira do ano é dia de penitência, a não ser que coincida com solenidade do calendário litúrgico. Os fiéis nesse dia se abstenham de carne ou outro alimento, ou pratiquem alguma forma de penitência, principalmente obra de caridade ou exercício de piedade.

Se beber nao dirija.




Senador AÉCIO NEVES voce pisou feio na bola desta vez...

AÉCIO NEVES : "Verdadeiramente; Faça o que eu digo, não faça o que eu faço." Voce decepcionou seu eleitores e muito.

video

Ao lado da vergonha de mim, tenho tanta pena de ti, povo brasileiro!
(Rui Barbosa)

Cresce alcoolismo entre mulheres

                                                                                                                                                       
O número de mulheres dependentes do álcool que procuram tratamento cresceu 78% nos últimos três anos no Estado de São Paulo, segundo levantamento em unidades públicas de saúde. Ao mesmo tempo, pesquisas indicam que, em 20 anos, aumentou muito a proporção de mulheres alcoólatras no país. Era uma mulher para cada dez homens. Agora é uma para três.
Para especialistas, uma das explicações é a mesma que levou ao aumento dos problemas cardiovasculares nesse público: a mudança do estilo de vida da mulher, que a deixa sobrecarregada de trabalho e estressada.
O fenômeno preocupa por dois motivos: a) a mulher é mais vulnerável ao álcool e tem problemas mais cedo; b) a indústria de bebida tem investido em propagandas para elas.
Estudo da Secretaria Estadual da Saúde mostra que o número de mulheres dependentes nos Centros de Atenção Psicossocial passou de 17.816 (2004) para 31.674 (2006). Representam 11,8% dos atendimentos (267.582, em 2006).
Para Luiezemir Lago, do Centro de Referência de Álcool, que coordenou o estudo, o aumento se deve ao crescimento real do alcoolismo feminino e à maior oferta de serviços especializados (de 27 unidades, em 2004, para 41, em 2006).
"Havia uma demanda reprimida. Antes, a mulher era internada. Hoje, com o tratamento ambulatorial, ela se sente mais estimulada a buscar ajuda." Em 2006, o custo do tratamento ambulatorial de mulheres foi de R$ 820 mil no Estado.
As bebidas ocupam a quarta posição no ranking de internação. Em primeiro vem gravidez/parto, seguido de doenças do aparelho circulatório e das doenças respiratórias.
"A mulher ganhou bônus [maior inserção no mercado de trabalho, por exemplo], mas também teve o ônus", diz João Carlos Dias, da Sociedade Brasileira de Psiquiatria.
Ele explica que o organismo feminino metaboliza o álcool de forma diferente da dos homens e, por isso, elas sofrem mais rápido os efeitos nocivos da bebida - têm maior proporção de tecido gorduroso e um déficit de enzimas que atuam na metabolização do álcool. Situações que desfavorecem a "diluição" da bebida no corpo.
O psiquiatra Sérgio Ramos, presidente da Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas, diz que os homens levam 15 anos para ter problemas no fígado. "As mulheres, cinco." As alcoólatras também sofrem mais riscos de desenvolver doenças cardiovasculares, câncer da mama, osteoporose e distúrbios psiquiátricos, entre outros.
E não só isso. Paulina Duarte, da Secretaria Nacional Antidrogas, diz que a mulher alcoólatra, mais estigmatizada, tende a beber escondida e tarda em buscar ajuda. "Chega numa condição mais grave e com menos chances de recuperação."
(Folha de S. Paulo)



Acordo com Vaticano é aprovado por deputados, na calada da noite, como de costume.

 Folha de S. Paulo - SP
27/08/2009
Estatuto da Igreja Católica segue agora para o Senado

DA SUCURSAL DE BRASÍLIA

Apesar do protesto de igrejas cristãs tradicionais, evangélicas e ateus, a Câmara aprovou ontem o acordo entre o Brasil e o Vaticano, assinado em novembro do ano passado pelo presidente Lula. Por causa das reclamações, a Casa também aprovou outro acordo, que estende os mesmos benefícios para todas as religiões. Os textos seguem para o Senado.
No caso do acordo com o Vaticano, o documento trata de assuntos jurídicos, de ensino religioso público e de casamento, entre outros temas.
O texto que beneficia as outras religiões foi votado por exigência dos evangélicos e teve como relator o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Apelidado de "Lei Geral das Religiões", ele é idêntico ao acordo assinado com o Vaticano, mas o estende para todas as crenças religiosas. Ambos passaram por votações simbólicas.
O artigo que gerou mais polêmica no documento assinado com a Santa Sé foi o que diz que o "ensino religioso católico e de outras confissões religiosas, de matrícula facultativa, constitui disciplina dos horários normais de escolas públicas de ensino fundamental em conformidade com a Constituição".
Evangélicos argumentaram que a palavra "católico" não trata as religiões igualmente. O Ministério da Educação também criticou o ponto, porque a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, ao falar sobre ensino religioso, não cita nenhuma fé específica e também veda a promoção de uma religião.
Os deputados discutiram sobre a possibilidade de fazer uma ressalva, retirando a palavra do texto. Ao final, fechou-se um acordo para aprovar o texto na íntegra. No entendimento do presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), a ressalva só seria possível se validada pelo Vaticano.
Para a CNBB, o acordo reconhece a personalidade jurídica da Igreja Católica no país. A entida de insiste que o texto apenas reafirma o que já está em prática no Brasil. Entre os deputados contrários ao acordo, o principal argumento era a manutenção do Estado laico.
Os textos aprovados ontem têm 20 artigos cada um. Um deles diz, por exemplo, que o Brasil se empenhará em destinar espaços para fins religiosos; outro garante imunidade tributária para às pessoas jurídicas eclesiásticas. Para o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), esse artigo vai facilitar a imunidade tributária para todas as entidades que se autodenominarem religiosas.
O documento relativo ao acordo com Vaticano diz ainda que o país assegurará as medidas necessárias para garantir a proteção dos lugares de culto da Igreja Católica e que o patrimônio cultural, artístico e histórico da igreja constituem parte relevante do patrimônio cultural brasileiro.

COMO EVITAR A FORMAÇÃO DE CÉLULAS CANCEROSAS.

                                                               

Informação importante de como permanecer saudável.  Recentes informações do Hospital John Hopkins sobre o câncer. Muito importante, favor compartilhar.  
1.Toda pessoa tem células de câncer no corpo. Estas células cancerosas não aparecem nos testes padrões, até que elas se multipliquem em alguns bilhões. Quando os médicos dizem aos pacientes de câncer que não há mais nenhuma célula de câncer nos seus corpos, após o tratamento, isto quer dizer que os testes não podem mais identificar as células cancerosas, porque elas não atingiram o tamanho detectável.

2. Celas cancerosas podem ocorrer de 6 a mais de 10 vezes na vida de uma pessoa.

3. Quando o sistema imunológico da pessoa é vigoroso, as células cancerosas serão destruídas e impedidas de multiplicar e formar tumores.

4. Quando uma pessoa tem câncer, isto significa que ela tem múltiplas deficiências nutricionais. Estas deficiências são devidas ao fator genético, ambiental, da alimentação e do estilo de vida.

5. Superar as deficiências nutricionais múltiplas significa mudança de dieta e a inclusão de suplementos, que irá fortalecer o sistema imunológico.

6. Quimioterapia impede o crescimento acelerado das células de câncer e também destrói as células saudáveis na medula óssea, na área gastro-intestinal etc, e pode causar dano aos órgãos, como fígado, rins, coração, pulmões etc.

7. A radiação, enquanto vai destruindo as células de câncer, também produz queimaduras, cicatrizes e danificam as células saudáveis, tecidos e órgãos.
                                                                                        
8. O tratamento inicial com quimioterapia e radiação muitas das vezes poderá reduzir o tamanho do tumor. Entretanto, o uso prolongado da quimioterapia e da radiação não resulta em mais destruição do tumor.

9. Quando o corpo está muito sobrecarregado com o efeito da quimioterapia e da radiação, o sistema imunológico ou está comprometido ou destruído; por conseguinte a pessoa pode sucumbir a vários tipos de infecções e complicações.

10. Quimioterapia e radiação podem causar células cancerosas e mutação, se tornarem resistentes e de difícil destruição. Cirurgia também pode produzir células cancerosas e espalhar para outras áreas do corpo.  

11. Um modo efetivo para combater o câncer é fazer as células cancerosas passarem fome, não as alimentando, pois elas necessitam de alimento para se multiplicarem. ELAS SE ALIMENTAM DE:

a)    O açúcar é um alimentador do câncer. Tirando o açúcar, se elimina a fonte de suprimento da sua alimentação mais importante. Substitutos do açúcar como o Nutrasweet, Equal, Spoonfull, etc, são feitos de Aspartame, que é prejudicial à saúde. Um mais adequado substituto natural seria o mel de Manuka, (tipo de árvore que tem folhas odoríferas nativa da Nova Zelândia e Tansmânia) ou melaço, mas só em pequenas quantidades.


b)   O sal de mesa tem uma substância química para torná-lo branco. A melhor alternativa é o BRAGG LIQUID AMINOS, (produto americano, feito com um concentrado de proteína líquida, derivado da soja, que contem vários aminoácidos) ou sal marinho.
c)    O leite faz o corpo produzir muco, especialmente na área gastro-intestinal. O câncer se alimenta do muco. Eliminando o leite e substituindo-o por leite de soja não adoçado, as células cancerosas morrem de fome.

12. Celas cancerosas prosperam em um ambiente ácido. Uma dieta com base na carne é ácida; assim é melhor comer peixe e uma pequena quantidade de frango, do que ingerir carne de boi ou de porco. Carne de gado (criado em fazendas) contém antibióticos, hormônios de crescimento e parasitas, que são prejudiciais, principalmente às pessoas com câncer.

13. Uma dieta feita com 80% de legumes frescos, sucos, grãos inteiros, sementes, nozes e um pouco de frutas ajudam pôr o corpo em um ambiente alcalino. Aproximadamente, 20% delas podem ser ingeridas cozidas, incluindo os feijões.

a) Sucos de vegetais frescos provêem enzimas que são facilmente absorvidas e alcançam até níveis celulares dentro de 15 minutos, para nutrir e aumentar o crescimento das células saudáveis. Para obter enzimas vivas, para formar células saudáveis, tente ingerir sucos de vegetal frescos (a maioria dos legumes, inclusive brotos de feijão) e comer alguns legumes crus, duas ou três vezes por dia. As enzimas são destruídas a temperaturas de 104 graus Fahrenheit (40 graus centígrados).

 b) Evite café, chá e chocolate, que têm alto nível de cafeína. O chá verde é a melhor alternativa.

c) É melhor beber água limpa e natural, deionizada, filtrada, para evitar as toxinas conhecidas e metais pesados da água de torneira. A água destilada é ácida; evite-a.
    
14. Proteína de carne é difícil de digerir e requer muitas enzimas digestivas. Carne não digerida, que permanece nos intestinos, putrefa e causa a formação de mais tóxico.

15. Células cancerosas têm (suas) paredes cobertas de proteína dura. Privando-as, ou alimentando-as com pouca carne, elas se livram de mais enzimas (tóxicas) e do ataque às paredes de proteína das células cancerosas, e permite que as células protetoras do corpo destruam as células cancerosas. 

16. Alguns suplementos constroem o sistema imunológico: O IP6, Flor-essence, (flor de essência - uma mistura de ervas para fazer chá, que se acredita, tem propriedades para curar o câncer) antioxidantes, vitaminas, minerais, etc., para permitir que as próprias celas protetoras do corpo destruam as celas cancerosas.  Outros suplementos, como vitamina E, são conhecidos por causar apoptose, (autodestruição da célula; uma espécie de sistema programado para matá-las) - o método normal do corpo de se livrar das células estragadas, indesejáveis ou desnecessárias.

17. Câncer é uma doença da mente, do corpo e do espírito. Um espírito pró-ativo e positivo ajudará o guerreiro do câncer a ser um sobrevivente. Raiva, inclemência e amargura põem o corpo em estresse, num ambiente acetoso. Aprenda ter um espírito clemente e amoroso. Aprenda relaxar e desfrutar vida.

18. As células cancerosas não podem prosperar num ambiente oxigenado.   Exercitando diariamente e profundamente a respiração, ajuda adquirir mais oxigênio até o nível celular. A terapia de oxigênio é outra maneira usada para destruir as células cancerosas.

RECENTES INFORMAÇÕES DO JOHN HOPKINS HOSPITAL.

 1. Não coloque nenhum recipiente plástico em microondas.
 2. Não coloque suas garrafas de plástico, com água, em congelador.   
 3. Não ponha nenhuma embalagem de plástico em microonda.

Substâncias químicas de dioxina causa câncer, especialmente câncer de mama. Dioxina são altamente venenosas às celas dos nossos corpos.

Recentemente, o Dr. Edward Fujimoto, Gerente de Programa de Bem-estar junto ao Hospital de Castle, estava em um programa de televisão para explicar esta periculosidade. Ele falou sobre as dioxinas e de como elas são ruins para nós. Ele disse que nós não deveríamos estar aquecendo nossa comida em microonda usando recipientes de plástico. Isto se aplica especialmente para alimentos gordurosos.   Disse que a combinação da gordura e alta temperatura liberam dioxinas na comida e finalmente nas células do corpo.

Ao invés, ele recomenda usar vasos de vidro, como Pirex ou recipientes cerâmicos para aquecer a comida. Você obtém os mesmos resultados, só sem a dioxina. Alimentos de TV Dinners (alimentos já prontos, congelados, sopas prontas empacotadas, etc.) deveriam ser removidos dos recipientes e aquecidos em outra coisa.


O papel não causa mal, pois você não sabe a sua composição.  É mais seguro usar vidro temperado, como os produzidos pela Corning Ware, (Companhia americana, fabricante de cabos de fibras ópticas, que no passado fabricava utensílios domésticos a prova de fogo).

Ele também nos lembrou que, há um tempo atrás, alguns restaurantes de fast food deixaram de usar embalagens de recipientes feitos com espumas sintéticas.  Uma das razões é o problema da dioxina.

Também mostrou que aquela envoltura de plástico, como o Saran, (material de plástico impermeável) é muito perigosa quando colocado por cima dos alimentos, para ser cozidos no forno de microondas. Como a comida recebe altas temperaturas, (“nuke”) faz as toxinas venenosas derreterem a embalagem do plástico e gotejar para dentro da comida. Cubra o alimento com pirex  ou cerâmica.     

Este é um artigo que deveria ser enviado a qualquer pessoa importante na sua Vida.

Harold H. o Louis

domingo, 10 de abril de 2011

Pedalar faz muito bem.

     Muitas pessoas estão perdendo o hábito de pedalar, e estão trocando suas bicicletas por motos ou carros, mas o que quase ninguém sabe é que pedalar pode trazer vários benefícios a nossa saúde. Segunda a OMS, quem usa a bicicleta no seu dia a dia melhora a sua qualidade de vida, combate o sedentarismo e diminui a poluição emitida pelos carros. Precisamos desde já começar a pensar mais em nossa saúde e também na do nosso planeta.
    Em alguns países europeus, cerca de 30% do deslocamento urbano é feito de bicicleta. Os europeus adotaram a bicicleta como solução para a saúde e para o bem estar do planeta azul em que habitamos. No Brasil, é totalmente o contrário, pois o que falta é estímulo para as pessoas saírem pedalando. Segundo a Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, existem mais bicicletas no país do que carros. Ai cabe aos governos municipais, implantarem ciclovias nas cidades, para que este estímulo seja elevado.

    Mas antes de se aventurar no mundo das duas rodas é preciso checar alguns itens essenciais para sua segurança. O primeiro deles é o percurso escolhido. É preciso ver bem em qual avenida ou rua vai pedalar. Fazer a escolha de acordo com alguns critérios básicos de cuidado, como o fluxo de veículos e movimentação de pedestres. Prefira sempre os locais de menos movimento. Se possível, ande sempre na ciclovia, mas se não houver, a escolha pode ser um parque que é mais tranquilo.
    Além de uma bicicleta em boas condições, com freios, pneus e correia em dia, você deve se precaver com um capacete, espelho retrovisor, sinalizadores atrás dos pedais e lanternas traseiras no caso de pedalar à noite. É necessário que os motoristas tenham também respeito para com os ciclistas, os mesmos fazem parte do transito, mas este respeito deve ser conquistado.
   Os benefícios de pedalar são vários, por exemplo, quarenta minutos de passeio de bicicleta queima cerca de 300 calorias, dois meses de exercícios aumenta cerca de 25% a força das pernas, trabalha os músculos do abdômen e dos membros inferiores, em especial quadríceps, glúteos, panturrilha e a parte inferior das costas. Fortalece o pulmão e coração, pois seus batimentos aceleram e faz com que seu organismo trabalhe mais, sem prejudica-lo e contribui para regularizar os níveis de pressão arterial, colesterol e triglicérides.
   Assim, vamos ter mais qualidade de vida e também ajudar a cuidar do planeta.

Especialistas em exorcismo dizem que internet populariza culto a Satã

Folha.com - BBC Brasil - Especialistas em exorcismo dizem que internet populariza culto a Satã - 31-03-2011.

DA BBC BRASIL
Sacerdotes católicos e especialistas em exorcismo reunidos em um curso para exorcistas em Roma alertaram que o acesso à internet e a novas tecnologias facilita o contato com seitas satânicas e a difusão do culto ao demônio.
Uma preocupação dos organizadores do curso, organizado pela Universidade Regina Apostolorum, é o risco de que os jovens, muitos dos quais utilizam a internet regularmente, estejam mais vulneráveis ao satanismo.
"O sacerdote com uma boa preparação pode ajudar muito a enfrentar o problema do fascínio exercido pelo satanismo sobretudo em jovens frágeis ou que vivem em situação de dificuldade", disse o porta-voz da Universidade Regina Apostolorum, Carlo Climati, ao apresentar o curso.
Falando à BBC Brasil, o padre Cesare Truqui, um dos organizadores, disse que, "além de padres, há psicólogos, médicos, advogados e outros especialistas que ajudam os sacerdotes no discernimento dos casos, para entender se o que se passa com a pessoa sai da normalidade".

SEXTO CURSO

O curso para exorcistas, intitulado Exorcismo e Oração pela Liberação, dura até o próximo sábado e é o sexto organizado pela Universidade Pontifícia Regina Apostolorum em colaboração com o Grupo de Pesquisa e Informação Sócio Religiosa (Gris, na sigla em italiano).
O objetivo do curso não é formar exorcistas, mas fornecer instrumentos úteis para o trabalho dos sacerdotes. Cerca de 60 pessoas, entre religiosos e leigos, participam das aulas nesta edição.
Um dos professores, o padre exorcista Gabriele Nanni, disse que as pessoas ficam expostas ao buscar na web informações sobre práticas satânicas e ocultismo.
"Graças à internet há grande difusão de esoterismo e satanismo, e é justamente por meio destas práticas que muitas pessoas sofrem ataques do demônio, ainda que não a ponto de serem totalmente possuídas", disse o religioso, segundo a agência de noticias Ansa.
Embora não tenha fornecido números, Nanni informou que, nos últimos anos, aumentou o número de padres exorcistas.
"No mundo eclesiástico, há um aumento da atividade dos exorcistas, com um interesse maior sobretudo por parte dos sacerdotes mais jovens", afirmou Nanni.

DADOS CIENTÍFICOS

Giuseppe Ferrari, diretor da Gris, instituto reconhecido pela Conferência Episcopal italiana, confirmou a percepção da difusão do satanismo via internet.
"Dados científicos confirmam esta tendência. Recebemos muitas denúncias e pedidos de ajuda de pessoas que se envolvem com seitas satânicas e outros tipos de seitas", disse ele à BBC Brasil.
"A internet é um veículo de informação onde se encontra de tudo. Num site de rock tipo 'heavy metal', por exemplo, abrem-se links para sites, e as vias de acesso são infinitas."
O instituto é contatado diariamente por pessoas que denunciam ser vítimas de manipulação mental e abuso psicológico após terem se envolvido com seitas de vários tipos.
"O curso sobre exorcismo foi criado justamente porque houve necessidade de analisar melhor esta espécie de moda que cresceu nos últimos anos. O fenômeno aumentou e a internet tem um peso nisso", disse o porta-voz.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Atividade Física Aliada ao Controle do Estresse


De uma forma geral, o estresse é produto da interação do homem com o seu meio ambiente físico e sociocultural. Portanto existem fatores pessoais (processos psíquicos e somáticos) e ambientais (ambiente físico e social) que se relacionam no processo de surgimento e gerenciamento do estresse.
A concepção de estresse, compartilhada por vários autores apresenta uma concordância referindo-se ao estresse como “um estado de desestabilização psicofísica ou a perturbação do equilíbrio entre a pessoa e o meio ambiente”. Se o ponto principal de observação da análise do estresse é o organismo, a personalidade e o sistema social, podemos compreender o conceito de estresse como um produto tridimensional, ou seja, biológico, psicológico e social.
No momento limitaremos a enfocar o estresse físico que esta relacionado à atividade física. A partir do momento em que iniciamos um programa de atividade física o nosso organismo sofre um esforço enorme para manter o nosso equilíbrio interno, essa sobrecarga dada ao organismo representa um estresse, este por sua vez, provoca reações que darão origem a adaptações agudas (ocorrem no momento da atividade física) e crônicas (adquiridas a médio e longo prazo com a prática constante da atividade física). Essa reação global foi descrita por Selye (1952) que a chamou de Síndrome de Adaptação Geral (SAG).
Essas adaptações que promovem as mudanças no nosso organismo são percebidas através da composição corporal, exames laboratoriais e sensação de bem estar, redução dos níveis de: ansiedade, estresse psicológico e depressão, melhoras no humor, melhor funcionamento orgânico geral, maior rendimento no trabalho e aumento da disposição física e mental. Todos esses fatores são apontados como resultados benéficos da prática correta e programada de exercícios físicos.
Na redução do estresse, o exercício tem se mostrado tão efetivo quanto as técnicas mais tradicionais usadas, com o benefício de se evitar o uso de drogas. Vários estudos retratam que indivíduos fisicamente ativos apresentam menor tensão, depressão e fadiga mental que os não ativos.
É bom salientar que o excesso de atividade física também pode apresentar como estresse negativo, portanto, a duração e a intensidade devem obedecer ao limite individual da capacidade física do praticante, isso passa por avaliação criteriosa de um profissional competente.  

Autor: Alexandre Magno Campolina Barbosa
           Graduado em Educação Física.
           Pós-Graduado  em Treinamento Desportivo.
           Pós-Graduado Personal Trainner.   

                                           

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Salve Sete Lagoas, cidade linda e encantadora...

                                           Entrada do bairro Vapabuçu.
                                          Uma chuva e a "lagoa enche".
Da até para pescar quando chove.....
Motorista tem que ser magico para sair do buraco.

Onde andam os impostos que pagamos...  estão no buraco.