sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Violência psicológica: o que é e como evitar

violência psicológica pode ser definida por um tipo de violência que envolve um dano psicológico a uma pessoa agredida. A violência psicológica é compatível com a violência física ou violência verbal mesmo que não haja danos visíveis e fotografáveis. O dano causado a uma pessoa que tenha sido vítima de uma agressão sexual não é apenas o dano decorrente das lesões físicas a ela ou seu corpo, o trauma psicológico do evento é um tipo psicológico de  violência psicológica.
 
As pessoas não precisam te tocar para agir com  violência psicológica. Elas podem usar palavras como ameaças de morte, xingamentos, ameaçando seus amigos e parentes e até tirar a própria vida para te impedir de ir do lado contrário. Algumas pessoas usam a  violência psicológica como uma forma de tortura para evitar que seu companheiro fuja, denuncie os maus tratos ou encontre outra pessoa para viver. A  violência psicológica é muito comum entre casais, infelizmente.
 

Não existe justificativa para a  violência psicológica

Além de doença mental por parte do agressor, nenhuma pessoa deve sofrer  violência psicológica. As pessoas agredidas costumam se sentir culpadas porque sofrem danos mentais neste nível, mas não devem. A principal ferramenta e causa da  violência psicológica é inibir as pessoas, deixá-las se sentindo impotente e incapazes de reagir. É uma arma branca, usada como uma ferramenta de guerra sem ferir e por isso as pessoas acreditam não haver motivos para queixas. A  violência psicológica pode acontecer no trabalho também, com agressões contra raça, cor e forma de se vestir e atuar de um profissional. 

Não cale diante do problema

Pessoas que sofrem de  violência psicológica costumam não contar sobre sua situação. Isso porque não há nenhuma cicatriz externa e não há(segundo elas) o que relatar. Contudo, ameaças de morte e de ferir são crime diante da lei e devem ser denunciados na delegacia. Uma boa dica é gravar a conversa e mostrar a policiais ao registrar um Boletim de Ocorrência. Tal medida pode separar de vez o agressor do agredido, com direito a ordem de restrição de contato em uma distância mínima a partir de 50 metros. 
 

Procure ajuda

Se você sofre com  violência psicológica, procure ajuda de parentes, amigos e profissional. Os danos podem ir de pequenos traumas a se relacionar socialmente até isolamento social completo. Conte a amigos e tende fugir do agressor o mais rápido possível, buscando a lei caso seja necessário.

http://www.relacionamentos.org/cotidiano/violencia-psicologica-o-que-e-e-como-evitar

Nenhum comentário:

Postar um comentário